Header Ads

“Vanda”: Filmagens da próxima série portuguesa da OPTO SIC arrancam em breve

Foto: Direitos Reservados

Com a estreia do telefilme Esperança, da série Na Porta do Lado, marcado para o próximo dia 24 de julho, a OPTO já deu luz verde para o arranque das filmagens de mais um projeto original.  Trata-se de Vanda (anteriormente designada como Viúva Negra), um drama produzido pela SPi, com assinatura de Patrícia Müller e realização de Simão Cayatte, cujas gravações arrancam em breve.

Ainda sem elenco revelado, o lançamento da produção está previsto para este ano no catálogo premium da plataforma da SIC. Com treze episódios encomendados, Vanda baseia-se na história real e inusitada de Dulce Caroço, uma mulher que assaltou mais de uma dezena de bancos em Portugal com uma arma de plástico na mão. 

Na narrativa da série, a personagem principal irá chamar-se Vanda, uma mulher de 35 anos que se vê sem nada depois do marido a ter traído e a abandonar com os dois filhos e sem um cêntimo nas contas que partilhavam. Sem dinheiro para se sustentar a si, às crianças e ao seu cabeleireiro, toma a iniciativa de comprar uma arma de plástico e assaltar um banco. 

Para desviar as atenções, a mulher usa vários disfarces conseguindo enganar o Inspetor Manuel, responsável da Polícia Judiciária por investigar o caso. Arranca assim uma corrida ao ladrão numa teia que promete tornar-se num verdadeiro quebra-cabeças para quem assiste e promete criar reboliço e surpreender pela ação das cenas. 

O arranque do projeto foi avançado pela produtora SPi, que se estreia no desenvolvimento de projetos para a plataforma OPTO SIC, através da página oficial de Instagram. “Falta menos de um mês para arrancar a rodagem da nova série produzida pela SPi. Uma série baseada numa história real cuja protagonista é uma mulher portuguesa de armas, literalmente”, indica a legenda que acompanha a foto de teaser desta nova aposta de ficção que se tornará na quinta série original do catálogo e no terceiro projeto desenvolvido por Patrícia Müller para o streaming

Vanda conta com o apoio de produção do Instituto do Cinema e do Audiovisual e foi um dos projetos avançados por Daniel Oliveira para a plataforma OPTO SIC durante a Conferência de Imprensa com os meios de comunicação social no final de 2021. Ao encargo da SPi, braço internacional da SP Televisão, que assume a responsabilidade das séries Glória, para a Netflix, e Auga Seca, para a RTP e HBO, Viúva Negra contará com treze episódios, cada um com cerca de 45 minutos de duração.