Header Ads

“Olhá Festa” regressa à SIC em agosto

As festas e romarias podem ainda não estar a funcionar da forma como as conhecemos, mas mesmo assim Joana Latino e Nuno Pereira prometem continuar a mostrar a diversão popular associada às noites de verão nos espaços informativos da SIC. Em agosto chegará à antena do canal de Paço de Arcos uma nova temporada de Olhá Festa para mostrar o melhor da cultura popular de norte a sul de Portugal.

Com moldes semelhantes aos do ano passado, em que a situação pandémica já afetava a realização de eventos, a edição deste ano continuará a ser mais comedida mas promete continuar a reunir convidados especiais, preenchendo o Jornal da Noite com blocos que vão continuar a animar o público em casa.

A garantia de regresso foi dada por Joana Latino durante a emissão de segunda-feira, dia 17 de maio, do programa Passadeira Vermelha, onde assume o papel de comentadora. A jornalista volta a formar dupla com Nuno Pereira para percorrer o país e apresentar alguns detalhes das principais festas populares que animam o público e às quais poucos resistem. 

 

Com um teor popular e divertido, as reportagem contam com a presença de vários nomes da música nacional que são presenças frequentes nos vários bailes de verão. Mas não ficam por aí. Em cada paragem, a dupla viaja por algumas das tradições associadas ao local em que estão para de forma descontraída apresentarem a todo o país um pouco mais dos meandros da nossa cultura. 


Em exibição desde 2019, Olhá Festa é um dos espaços informativos de maior sucesso introduzidos no Jornal da Noite da SIC. Em anos anteriores, as reportagens foram incluídas no alinhamento do noticiário de todo o mês de agosto, não se sabendo, para já, se a tendência se irá repetir em 2021.

 

Toy, Agata, Sons do Minho, Emanuel, Anjos, Áurea, Matias Damásio, Bárbara Bandeira, Micaela, Sérgio Rossi, David Carreira, Saúl Ricardo, foram alguns dos artistas que já contribuíram para o formato que pretende apresentar num roteiro de trinta e um dias as missa, procissões, garraiadas, desgarradas, petiscos e bailaricos do nosso país.