Header Ads

Victoria Guerra está no elenco de “Santo”, coprodução entre Brasil e Espanha, da Netflix

Ainda com Glória, a primeira série portuguesa com o selo de original Netflix, por estrear, Victoria Guerra já soma o seu segundo projeto em parceria com a gigante do mercado do streaming. Santo, a primeira coprodução entre Brasil e Espanha desenvolvida pela Netflix, é o título que se segue no percurso internacional da atriz que nos últimos anos tem conquistado espaço no mercado além fronteiras.

As gravações deste novo thriller arrancaram esta semana em Madrid e colocam a artista portuguesa ao lado de nomes como Bruno Gagliasso e Raúl Arévalo. A ação será bipartida entre a capital espanhola e a cidade de Salvador, no estado da Bahia, no Brasil.

Nesta segunda incursão num projeto da plataforma de streaming, Vitória Guerra vai vestir a pele de Bárbara Azevedo, uma jovem portuguesa que viaja até Madrid para estudar medicina, contudo, a vida acaba por lhe trocar as voltas e esta acaba por desistir do seu percurso académico e embarcar para o Brasil em busca de uma nova vida em que os erros do seu passado sejam apagados. 

 

A personagem da intérprete nacional será uma das pontes da ação da história que apresenta dois polícias na busca por um criminoso do qual nunca viram a cara e que, mesmo à distância, consegue fomentar a discórdia entre os dois protagonistas que têm, claramente, opiniões divergentes.


Santo terá como protagonistas o brasileiro Ernesto Cardona, personagem vivida por Bruno Gagliasso, e Miguel Millán, entregue ao ator espanhol Raúl Arévalo. Ao elenco juntam-se, ainda, Greta Fernández, Thomas Aquino e María Vázquez, enquanto Carlos López é o showrunner responsável pelo projeto. Miguel Ángel Fernández e Gustavo Lipsztein integram a equipa de guionistas de Santo que terá a realização estará, também, dividia entre o Brasil, pela mão de Vicente Amorim, e Espanha, com Gonzalo López-Gallego. 

 

A estreia está prevista para o primeiro semestre 2022 e marca o primeiro desafio de Bruno Gagliasso que assinou um contrato de exclusividade com a Netflix no ano passado, depois de encerrar a sua ligação com a Rede Globo.