Header Ads

“A Rainha e a Bastarda” volta a juntar Carolina Carvalho com Sérgio Graciano e Patrícia Müller

Depois do sucesso de A Generala, desenvolvido para a OPTO SIC, Patrícia Müller volta a ter Sérgio Graciano como realizador responsável para transportar para o ecrã um argumento da sua autoria, desta vez na RTP1. O elenco de A Rainha e a Bastarda volta também a contar com alguns dos nomes de destaque da produção da plataforma da SIC, como Anabela Moreira e Carolina Carvalho.

Com as gravações já a decorrer, Carolina Carvalho divide agora o seu tempo entre a novela A Serra e esta nova aposta da estação pública que deverá chegar ao pequeno ecrã em 2022.“Vou começar a filmar esta semana, mas gosto de sentir já o ambiente, o tom em que a série está a ser filmada. Serei a Beatriz de Castela, a mulher do Afonso IV. Nunca fiz nada de época assim tão distante”, avança, em entrevista à N-TV, Carolina Carvalho.

Esta será a sua terceira personagem baseada em alguém que realmente existiu depois de ter dado corpo à versão mais jovem de Maria Luísa, baseado no famoso caso de Maria Teresinha Gomes, na série 
A Generala, e de nos cinemas vestir a pele de Lena Coelho, uma das cantoras da girlsband DOCE, que terá a sua história explorada no grande ecrã na longa-metragem Bem Bom.


A artista vai acumular as gravações de A Rainha e a Bastarda com a novela da SIC, A Serra, onde dá corpo à vilã Mariana Pereira Espinho. As filmagens do enredo assinado por Inês Gomes que tem conquistado a preferência do público nacional vão estender-se até ao próximo mês de julho, com vários novos nomes no elenco. 

 

Rúben Gomes vai vestir a pele de Vasco, filho de Sebastião Botelho, já João Reis será Remy, um emigrante que volta para conquistar o amor da sua filha. Por último, também Luís Lucas terá uma participação na novela, dando corpo a Eusébio, num personagem cujos detalhes ainda não foram revelados.