Header Ads

“Rua do Mundo” é uma das próximas séries da RTP


 Rua do Mundo é uma das próximas apostas da ficção da RTP que terá na base relatos da história do nosso país, num argumento assinado por Kalaf Epalanga e com a realização de António Pinhão Botelho, que há havia realizado a longa-metragem biográfica Ruth. A produção não tem, para já, data de estreia anunciada.
 
O bordel Rua do Mundo, no Bairro Alto, é o palco deste enredo que nos apresenta a história de Fernanda do Vale, conhecida por todos como Preta Fernanda, uma astuta mulher negra que no século XIX era uma das mais influentes figuras do país cuja beleza não passava despercebida à cobiça dos homens. 
 
Com uma história de vida complicada que envolve dois abandonos e uma relação falhada, a narrativa da série vai centrar-se nos segredos deixados por homens de várias classes e profissões no bordel a troco da luxúria e do prazer. Tudo isto numa linha de jogo de interesses que poderá colocar em causa o reinado de D. Carlos. Ao lado do pugilista e seu protetor pessoal, Amalhou, Preta Fernanda será um peão pouco expectável no cenário do regicídio com o poder de mudar o rumo da nossa história.
 
A série resulta de uma parceria entre a estação pública e a Ukbar Filmes, que continua a render novos produtos de ficção, estando já a ser gravada Contado Por Mulheres, uma coletânea de telefilmes também da responsabilidade da produtora de Pandora da Cunha Teles e Pablo Iraola.

Rua do Mundo é, assim, uma nova produção histórica que se junta a um vasto leque de produções planeadas pelo canal estatal. Causa Própria, Força de Viver, Madrugada Suja, Operação Liberdade e O Americano são alguns dos títulos das próximas produções da RTP, às quais se juntam as versões televisivas das longas-metragens Evadidos e Mal Viver, além das segundas temporadas de A Espia e Auga Seca e do spin-off de Sul, centrado desta vez em Matilha e Mafalda. 
 
De recordar que o canal é parceiro da Netflix em Glória, a primeira série nacional a receber o carimbo de original da gigante do streaming e que conta com produção da SPi.