Header Ads

Tiago Rodrigues estreia “O Cerejal” na 75.ª edição do Festival de Avignon

FOTO: Luís Coelho / CARAS
Tiago Rodrigues, Diretor Artístico do Teatro D. Maria II, vai lançar em Avignon a peça O Cerejal, uma produção criada para o Festival mas que também integrará a temporada 2021/2022 da sala de espetáculos nacional. Isabelle Huppert, nomeada em 2017 para o Oscar de Melhor Atriz pelo filme Elle, assume o principal papel desta peça, cujo texto original é de Anton Tchékhon, e que sobe ao palco da Cour d`Honneur do Palais des Papes, em Avignon, no próximo dia 5 de julho.

“Sempre olhei para a última peça de Tchékhov como uma obra sobre o fim das coisas, a morte, a despedida. Estava enganado. Hoje, estou certo de que é uma peça sobre a mudança”, referiu Tiago Rodrigues no lançamento do espetáculo, citado pela agência Lusa. Durante o processo de trabalho na criação do espetáculo, a própria leitura que Tiago Rodrigues fez do texto foi, também ela, alterada. “Montar ‘O Cerejal’ é falar do que acontece pela primeira vez. É falar de um tempo em que ocorre uma mutação social ainda invisível mas profunda, um tempo vivido por personagens que não perceberam ainda que o que lhes parece excecional é apenas a nova normalidade”, garante.


Em palco, além da conceituada atriz francesa, estará Isabel Abreu, a cantora Manuela Azevedo e Hélder Azevedo, que em conjunto com a vocalista da banda Clã são os dois pela música original do espetáculo. No total serão onze atores e dois músicos em palco, com figurinos da responsabilidade de José António Tenente e cenografia de Fernando Ribeiro. Com estreia prevista, também, para Lisboa, o lançamento na capital portuguesa será o pontapé de saída para uma digressão europeia que se vai estender até 2022. A produção é do Festival de Avignon em parceria com a sala de espetáculos nacional.