Header Ads

Fátima Lopes regressa à SIC

Cerca de dois meses depois de ter deixado a TVI, ao fim de dez anos de colaboração, Fátima Lopes já tem novo desafio profissional em mãos. A apresentadora vai regressar à SIC, num novo formato de entretenimento e sem regime de exclusividade com a estação de Paço de Arcos. Este será o regresso da comunicadora ao canal do grupo Impresa, onde passou por várias faixas da grelha de programação e conduziu durante vários anos formatos de daytime. O anúncio oficial deverá acontecer em breve. 

Em janeiro de 2021, Fátima Lopes anunciou o fim do contrato que a ligava à TVI, onde iria regressar ao horário nobre de sábado com a adaptação nacional do formato C’e Posta Per Te. Contudo, o vinculo formal terminou apenas em março deixando a apresentadora livre para aceitar novos desafios do mercado audiovisual, como acontecerá agora no seu regresso à SIC, onde terá à sua espera um novo projeto, também, no prime time

De acordo com o que o Fantastic conseguiu apurar, o retorno ao canal acontece numa aposta de Daniel Oliveira, Diretor de Programas da SIC, em reforçar o leque de profissionais do canal. Contudo, numa primeira fase Fátima Lopes terá apenas um contrato por obra, ou seja, a ligação à estação será apenas enquanto a apresentadora estiver com algum formato em antena no canal de Paço de Arcos. O primeiro projeto desta nova ligação deverá arrancar durante o mês de maio, com estreia planeada para o início do verão, não sendo ainda conhecido o horário nem o dia que trará a comunicadora de volta ao pequeno ecrã.

Com uma longa carreira, Fátima Lopes estreou-se em 1994 no programa Perdoa-me, passando depois pelo All You Need Is Love, Surprise Show e Fátima Lopes, até se lançar nos formatos de daytime com o SIC 10 Horas. Nas manhãs do canal três, a apresentadora foi líder de audiências durante vários anos e conquistou um formato em nome próprio, o extinto Fátima

Em 2009, numa reformulação da grelha levada a cabo pela direção de Nuno Santos, transitou para as tardes e durante nove meses conduziu Vida Nova, que prometia trazer cor e conversas intimistas pouco habituais nesta faixa horária. Ainda na SIC, conduziu emissões especiais dedicadas ao mundo da Moda, passou pela apresentação dos Globos de Ouro e especiais dedicados às Marchas Populares. Até rumar à TVI, em 2010, onde conduziu durante vários anos o vespertino A Tarde É Sua que foi encerrado no final de 2020 dando lugar a Goucha, que traz Manuel Luís Goucha às tardes do canal quatro.