Header Ads

Francisco Pedro Balsemão: «A OPTO pode servir como um laboratório vivo para um novo "Médico de Família"»

 https://www.n-tv.pt/files/2017/08/1428060_A101-13894397.jpg

O novo de serviço de streaming da SIC chega oficialmente em novembro e já foram reveladas muitas das apostas da OPTO, plataforma que terá uma versão gratuita e outra premium. Para além de conteúdos inéditos - como é o caso das séries A Generala e O Club - a aposta em séries de sucesso emitidas pela SIC no passado é também uma realidade. Esta escolha poderá abrir ainda as portas à produção de novas versões das mesmas, adianta Francisco Pedro Balsemão.

Um dos exemplos dados pelo CEO da Impresa e responsável pelo projeto da OPTO é Médico de Família, uma das séries clássicas de sucesso escolhidas para integrar o catálogo. Segundo declarações de Balsemão ao jornal Expresso, haverá uma gestão dinâmica dos conteúdos e mostrar uma série antiga pode mesmo levar a que esta ganhe uma nova vida. 

“Pode servir como um laboratório vivo, usar números e dados para fazer um novo Médico de Família”, exemplifica o responsável. “Temos acesso direto aos dados e temos de ir orientando a nossa atividade também com eles", explicou.

A OPTO é o primeiro serviço de streaming português criado de raíz e, segundo Balsemão, este é "um primeiro passo para nos tornarmos uma empresa muito mais focada na produção e distribuição e conteúdos de qualidade", acreditando ainda que dirigir uma empresa de tecnologia "capaz de estar em formato multiplataforma, mais focada no digital".

Ao todo, serão mais de 4 mil horas de conteúdos disponíveis. A premium terá o custo de €3,99 por mês, mas há descontos para as subscrições anuais (maiores em período pré-lançamento) e uma oferta diferenciada desenhada para quem vive no estrangeiro.