Header Ads

Tempo de Leitura | "Deixa-Me Odiar-te", de Anna Premoli



Porque queremos contribuir para o teu prazer pela leitura ou, quem sabe, despertá-lo, o Fantastic apresenta-te, todas as semanas, uma sugestão diferente. 
Em dia de estreia da rubrica "Tempo de Leitura", a proposta vai para o romance "Deixa-Me Odiar-te", de Anna Premoli.



Resultado de imagem para deixa-me odiar-te

PORQUE ESCOLHI ESTE LIVRO

Quando se lêem muitos romances, fica sempre a dúvida se os próximos não serão uma repetição do mesmo: amores proibidos, relações complicadas, menina pobre com principe encantado, princesa com plebeu, alguém a partir e sofrer, ou a morrer, e por aí fora.

"Deixa-me Odiar-te", de Anna Premoli, dá a resposta: não! 
Ainda há romances que podem surpreender.

Este foi um dos melhores livros de romance que li até hoje, pela forma diferente como ocorre a história, com muito humor, o que deixa qualquer leitor com um sorriso nos lábios e bem disposto, só de imaginar as cenas que estão a ler.

É um romance que fala muito em diferenças, de formas de estar na vida, de atitudes, de classes, de posturas, de pensamentos, mas que mostra como, por vezes, não somos assim tão diferentes quanto acreditamos ser, e temos mais um comum do que pensamos, mesmo que isso pareça impossível. 



SINOPSE

"Jennifer e Ian conhecem-se há sete anos e nos últimos cinco só têm discutido. Chefes de duas equipas no mesmo banco, entre eles sempre houve um confronto aberto e declarado. Detestam-se e dificultam a vida uma ao outro. Até que um dia são obrigados a cooperar na gestão da conta de um cliente aristocrata e abastado.
Na vida e no amor há sempre uma segunda oportunidade?
Um romance moderno, divertido e terno, uma história atual e muito cinamatográfica com todos os ingredientes de uma bela comédia romântica."


DETALHES


Edição ou reimpressão: 02-2018
Editor: Clube do Autor
Idioma: Português
Páginas: 312
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance

  
SOBRE A AUTORA

Anna Premoli nasceu em 1980 na Croácia.  
Começou a escrever como forma de aliviar o stresse e tem já vários romances publicados. 
"Deixa-me Odiar-te" foi o seu primeiro romance, que começou como fenómeno na internet, e acabou consagrado com o Prémio Literário Bancarella (2013).




Sem comentários