Header Ads

Segunda Opinião | "First Dates": um encontro falhado na TVI?

Resultado de imagem para first dates tvi
Foto: TVI
Depois de liderar durante anos consecutivos durante todo o dia, a TVI perdeu, no início de 2019, a liderança para a SIC. Se a queda das manhãs e o início do reinado de Cristina na sua nova casa foram preocupantes para a estação de Queluz de Baixo, existe outro horário fundamental que entrou em alerta vermelho. Falamos do acesso ao horário nobre. 

No início do ano, a SIC decidiu apostar num novo formato chamado "O Carro do Amor", cujo objetivo era continuar os bons resultados dos diários de "Casados à Primeira Vista". Na TVI, "First Dates" era a aposta para combater este programa. Durante várias semanas, os dois programas – com grandes semelhanças entre si – foram competindo pelo primeiro lugar nas audiências. Fiel a si mesmo, Fernando Mendes continuava a dar à RTP a vice-liderança, e por vezes, o primeiro lugar do top, com "O Preço Certo". 

Se inicialmente esta guerra das audiências se tornou renhida às 19h, rapidamente a TVI começou a entrar em decadência no horário. Com a estreia de "Quem Quer Namorar com o Agricultor?", na SIC, a TVI contra-atacou com os diários de "Quem Quer Casar Com o Meu Filho?". O programa não se conseguiu impor nas audiências e foi cancelado passados poucos dias. Para o seu lugar, a TVI apostou numa nova temporada de "Apanha se Puderes". Com uma nova apresentadora – Rita Pereira assumiu o lugar de Cristina Ferreira – os novos episódios do concurso nunca conseguiram conquistar os portugueses, passando a deixar a TVI em 3º lugar no horário. 

De seguida, o "Inspetor Max" entrou em ação, com novos episódios, mas nem assim os resultados subiram. Com a desastrosa queda no horário – ao registar resultados próximos dos 10% de share, menos de metade do que a SIC conseguia às 19h – a TVI tentou apostar num formato diferente. Estreou "Like Me", que para além de se revelar um fracasso nas noites de sábado, afundou ainda mais o horário das 19h. Poucos dias depois, o destino esperado: cancelamento dos diários da tarde. 

Durante o mês de junho, Fátima Lopes e o seu "A Tarde é Sua" passou a ocupar o horário das 19h, prolongando-se o programa até às 20h. As audiências, essas, continuavam a cair a pique, com a SIC a registar a preferência dos telespetadores. Mais recentemente, a estação de Queluz decidiu transpor a rubrica "O Chef é Você" (integrada nas manhãs, no "Você na TV!") para as tardes, transformando-a num programa independente. O programa terminou mais cedo que o previsto – a 27 de julho – e despediu-se com resultados abaixo dos 10% de share. 

Com a nova diretora de programas da TVI – Felipa Garnel substitui Bruno Santos – as mexidas começam a surgir. O que chega agora à estação não é a melhor solução, mas é o que foi possível de momento para agir de imediato. A TVI vai voltar a emitir "First Dates", em reposição, no horário das 19h. 

Mas enquanto isso, a RTP continua a apostar no seguro "O Preço Certo" e a SIC estreia – já a 5 de agosto – o concurso Prémio de Sonho, apresentado por Cristina Ferreira. As apostas parecem ser cada vez mais confusas na TVI e esperam-se tempos difíceis para o quarto canal. A nova diretora de programação tem em mãos uma difícil missão: recuperar a liderança que já se encontra, de forma estável, nas mãos da SIC. Conseguirá Felipa Garnel fazer renascer o horário de final de tarde da TVI?

Segunda Opinião - 145ª Edição 
 Uma rubrica em parceria com o

Sem comentários