Header Ads

Mansarda – projeto promete dar habitação a artistas em dificuldades

Foto: Construir

O projeto pretende ajudar os profissionais ligados à língua, arte e cultura portuguesas e artes performativas a quem “a vida trocou as voltas”, com uma residência para artistas projetada pelo arquiteto Carrilho da Graça que será construída em terrenos cedidos pela Câmara de Lisboa.

Terá 80 quartos (simples e duplos), metade dos quais reservados para residência permanente e a outra metade para residência temporária. O objetivo é oferecer “uma casa em que coabitam gerações, em que se valoriza o conhecimento e experiência dos mais velhos numa constante interação com os mais novos”. O edifício terá também espaço para uma área de atividades, no qual se destaca um auditório de 100 lugares, que terá programação cultural regular, e cujas receitas irão reverter para a gestão da IPSS.

Os fundadores do projeto Mansarda são Patrícia Vasconcelos, Miguel Guilherme, Jorge Salavisa, Camané, Rui Horta, Maria Flor Pedroso, Anabela Mota Ribeiro, Francisco Varatojo, Henrique Cayatte, José António Pinto Ribeiro, José Paulo Carvalho, Leonor Xavier, Luísa Villar, Manuel Costa Cabral, Margarida Cunha Belém, Maria Flávia Monsaraz, Maria Nobre Franco, Paula Ribeiro, Pedro Wallenstein, Rui Cardoso Martins, Teresa Schmidt e António Pedro Ferreira.

Tendo sido criada em 2014, a associação Mansarda arranca numa base pro bono, estando neste momento em fase de recolha de donativos. O projeto conta já com o apoio institucional de entidades como o Coliseu dos Recreios, Fundação Calouste Gulbenkian, Garage, 004, Buzziness, SP Televisão, TDGI -Tecnologia de Gestão de Imóveis, Central de Informação, Força de Produção e Finepaper. 

Vê aqui um dos vídeos promocionais:

Sem comentários