Header Ads

Eurovisão 2019. Ucrânia retira-se oficialmente da competição

Foto: escYOUnited
A Ucrânia não vai participar na edição deste ano do Eurovision Song Contest. A desistência já foi confirmada pela emissora UA:PBC, num comunicado oficial partilhado nas redes sociais. A decisão acontece depois da escolha da representante ucraniana ter gerado polémica.

MARUV, escolhida pelo público ucraniano para representa o país no ESC 2019, revelou em direto que não concordava com todas as condições impostas pela emissora ucraniana em relação à Crimeia. A intérprete considerou que a maioria das exigências eram “desumanas moral e fisicamente”  e a UA:PBC confirmou que não seria a cantora a representar a Ucrânia este ano.

Depois desta decisão, o canal de televisão considerou selecionar o segundo ou terceiro classificados na competição, mas ambos recusaram. Desta forma, a UA:PBC lançou uma votação online, onde questionavam o público se faria sentido participar no festival. Os espectadores ucranianos votaram maioritariamente na opção "Não".

A emissora confirmou, horas depois, que estaria fora da edição de 2019 do Eurovision Song Contest. Recordamos que as regras da Eurovisão ditam que cada país deve assegurar a natureza não política da competição, algo que não aconteceu no processo de seleção ucraniano.

Sem comentários