Header Ads

Segunda Opinião | "Júlia" e "A Tarde é Sua": Duelo de titãs?


Foi revelado durante a apresentação da "nova temporada" da SIC qual o nome do novo formato das tardes. Júlia será a próxima aposta do canal de Carnaxide para roubar a liderança ao A Tarde é Sua, de Fátima Lopes. Júlia Pinheiro será o novo rosto das tardes do canal, que volta atrás e faz regressar o vespertino. 

A ideia de Daniel Oliveira será fazer um programa diferente, com histórias de vida, com pessoas reais e que traga muito do cunho pessoal da apresentadora. O diretor da SIC deixou claro que será a oportunidade ideal para Júlia Pinheiro se reinventar e se tonar o grande rosto televisivo do canal. A verdade é que a anfitriã estreou-se em 1983 na televisão e desde ai já conduziu grandes formatos. Ao fim de tantos anos, a ideia de Júlia se reinventar e provar que consegue liderar não está certa.

Júlia Pinheiro já é um grande rosto televisivo, a sua carreira vai deixar marcas. Não tem propriamente que provar nada. Mas sim continuar o trabalho (independentemente de ser bom ou mau) que tem feito e lhe deu tantos programas e distinções. Daniel parece estar a querer transformar Júlia Pinheiro na Cristina Ferreira com mais idade. E a ideia é completamente errada. 

Quanto ao nome do programa, não sabemos se será assim tão bom. Primeiro que tudo, o seu nome já fui usado para As Tardes de Júlia (TVI) e Querida Júlia. Criar um terceiro formato com o seu nome não é em nada inovador, mas de certa forma, a SIC quis apenas demonstrar que terá muito de da apresentadora. Contudo, e vendo o lado positivo, se não fosse "Júlia", provavelmente o formato teria a palavra "tarde", tal como aconteceu com "Boa Tarde", "Grande Tarde" e "Juntos à Tarde".

Não sabemos muito sobre Júlia. Apenas que será um programa "diferente", segundo Daniel Oliveira e a apresentadora. Comparações com "Ellen" (formato conhecido internacionalmente) foram muitas. A verdade é que o regresso aos programas da tarde vem de certa forma acabar com as repetições de novelas exageradas que havia na SIC. Episódios de mais de uma hora não seriam a solução para liderar o horário. E voltando à "estaca zero", ou seja, aos talk shows, não sabemos se a liderança vai chegar, mas pelo menos, vai agitar as águas do prime time.

Fátima Lopes está a liderar há muitos anos mas os resultados do A Tarde é Sua são cada vez mais baixos, para além de que o programa não é renovado há imenso tempo e não tem uma novidade. Parou no tempo, agarrou-se à liderança. E Júlia Pinheiro vai obrigar a TVI a repensar as suas tardes. É certo que o A Tarde é Sua  deve receber mudanças e que vai começar a ser mais promovido. E, se o canal ver que resulta, pode até alterar ligeiramente a sua faixa de modo a começar mais cedo que a concorrência da SIC. 

Os próximos meses serão decisivos na televisão. Por um lado, as manhãs com Cristina Ferreira conta Goucha e por outro, as tardes, com Júlia Pinheiro e Fátima Lopes. E surge aqui um terceiro elemento, a RTP1, que terá ambos os talk shows renovados. A Praça e Agora Nós vão ser reinventados e receber novos estúdios e grafismos. As águas prometem mexer-se e a televisão portuguesa agradece, pois a monotonia não agrada a ninguém. 

Segunda Opinião - 128ª Edição
Uma rubrica em parceria com o
http://diario-da-tv.blogspot.pt/

Sem comentários