Header Ads

"Transparent T4" estreia este sábado no TV Séries


A família mais disfuncional da América está de volta no momento mais disfuncional da História recente do país. Jill Soloway, a criadora de Transparent, promete uma viagem espiritual e a temporada, neste caso a quarta, mais política de sempre. 

Transparent sempre versou sobre estes temas, mas esta quarta temporada promete não só reforçar estes valores como ser a mais política de sempre, ou não fossem os Estados Unidos neste momento liderados por um pouco consensual e declaradamente divisionista Presidente Donald Trump. 

Na nova temporada, os Pfeffermans encetam uma viagem espiritual até à Terra Santa (Israel), onde vão experimentar tudo o que o país tem para oferecer, desde o Mar Morto, às viagens de camelo pelo deserto ou a visita ao Muro das Lamentações, em Jerusalém. Até 2016 o muro estava separado numa zona para mulheres e noutra para homens, mas desde o ano passado que o governo israelita criou uma zona mista, pelo que Maura (Jeffrey Tambor) não deverá sentir qualquer constrangimento. 

Já para Sarah (Amy Landecker), a filha mais velha, Israel parece uma ‘Disneylândia Judia Ortodoxa’, ela que, nesta temporada, vai partilhar a cama não só com o seu marido, Len (Rob Huebel), mas também com uma nova personagem interpretada por Alia Shawkat. Quem também tem novidades no campo amoroso é Maura, que confessa a Ali (Gaby Hoffmann) que tem um novo interesse, chamado Donald (curiosamente o mesmo nome próprio do novo ocupante da Casa Branca). Maura resume o sentimento da família ao dizer que ‘podemos começar tudo de novo e nunca olhar para trás’. Quanto a acusações de puxar os limites ao máximo, Shelly (Judith Light) limita-se a responder: ‘não faço ideia do que sejam fronteiras’. 

Transparent T4 estreia a 30 de setembro, sábado, às 22h, com episódio duplo, no TV Séries.

Sem comentários