Header Ads

"Recordações da Casa Amarela" é exibido este sábado na RTP2


O filme de João César Monteiro é exibido hoje à noite, pelas 23h58. Premiado no Festival de Veneza, Recordações da Casa Amarela é uma crónica anedótica e lisboeta sobre "um tal João de Deus, marginal, poeta e louco esclarecido, determinado a dar-nos trabalho".

A história do filme passa-se em Lisboa, no ano de 1989. Um pobre diabo de meia idade chamado João de Deus, vive no quarto de uma pensão barata e familiar na zona velha e ribeirinha da cidade. Atormentado pela doença e outras vicissitudes, João de Deus, alimenta-se da música de Schubert e de uma vaga cinefilia, para melhor resistir à miséria da sua medíocre existência. 

Um dia, na sequência de uma ridícula tentativa de violação da filha da dona da pensão, é posto na rua. Sem família, doente e falido, João de Deus, é internado num hospício, de onde sai determinado a ´dar-nos trabalho´.

Recordações da Casa Amarela transformou João César Monteiro num dos cineastas portugueses de maior prestígio no estrangeiro, a que não é alheio o Leão de Prata conquistado no Festival de Veneza, e numa das personalidades artísticas mais sui generis do panorama nacional, a que não são alheias as suas polémicas, provocatórias e desconcertantes atitudes e declarações.

Sem comentários