Header Ads

RTP regista piores resultados do ano no horário nobre

 http://1.bp.blogspot.com/-SQG24RAY5GA/T5MnjG_CByI/AAAAAAAABKA/6MiUhMAwjwc/s320/Fantastic+Audiencias.png

No dia em que a segunda temporada de "Anticrise" e a novela "Éramos Seis" estrearam e "Velhos Amigos" chegou ao fim, a RTP1 ficou mais uma vez atrás da SIC, TVI e do universo Cabo. Com o pior resultado do ano em horário nobre, a nova grelha da RTP1 parece não ter conquistado os portugueses.

A estreia de "Éramos Seis" conseguiu 2,8% de audiência e 17,9% de share. Já o final de "Velhos Amigos" ficou-se pelos 1,9% de audiência e 14,1% de share. Apesar dos fracos resultados, as novelas da hora de almoço registaram audiências superiores a "Sinais de Vida", "Cuidado com A Língua" e "Não me Sai da Cabeça", emitidos à noite.

Em horário nobre, o programa de humor de Eduardo Madeira, Manuel Marques, António Machado e Rui Unas foi para o ar às 21h30 e foi seguido, em média, por apenas 293 mil e 700 telespetadores. Assim, a estreia da nova temporada de "Anticrise" não foi além dos 3,1% de audiência e 6,0% de share. 

Logo depois, foi para o ar "Sinais de Vida", que começa a partir de agora depois das 22h00. Com 1,6% de audiência e 3,2% de share, este foi o pior resultado de sempre da série portuguesa da RTP. Apenas 146 mil e 700 espetadores viram a trama protagonizada por Joaquim Horta, Dalila Carmo e São José Correia.

A seguir, Diogo Infante trouxe mais um Cuidado com A Língua. Com 1.4% de audiência e um 3.1% de share, o programa registou também um recorde negativo em 2013. Finalmente, o programa "Não Me Sais da Cabeça" foi visto por 125 mil e 100 portugueses, registando 1,3% de audiência e 3,3% de share.