Header Ads

Cinema em Doses Curtas | Terra Ardida


Nesta edição do Cinema em Doses Curtas, o filme que destacamos chama-se Terra Ardida e trata-se de uma curta-metragem documental, que foi vencedora dos Prémios Sophia Estudante em 2019. O filme é realizado por Francisco Romão.

Vê a curta-metragem na íntegra:



"Depois de todos os fogos que assolaram Portugal neste último ano, houve um pessoalmente que me tocou. O incêndio que destrui parcialmente uma aldeia de xisto situada na Pampilhosa da Serra, chamada Fajão. Esta é a terra da minha avó, uma pequena aldeia onde passei férias desde pequeno e que até este ano tinha sido poupada a imensos incêndios, feito que os habitantes atribuem a Nossa Senhora da Guia, invocação católica que se diz ter protegido a aldeia diversas vezes".

Este é o ponto de partida de Francisco Romão, realizador desta curta-metragem, que conta com produção de Luísa Pereira Santos, direção de fotografia de Rúben Fajardo, música original de Gonçalo Caboz e pós-produção de som de Daniela Carvalho.

Por André Pereira