Header Ads

"A Escritora", de Hugo Pinto, tem estreia mundial no Avanca Film Festival

https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/65319583_313101926242949_4106021673080193024_o.jpg?_nc_cat=102&_nc_sid=110474&_nc_eui2=AeFL-oT1KhS8QL13ioWqpQmm9tXOSD7Uwwj21c5IPtTDCMLOK7n-GBC-jF4wGVUHkw3S7L_8Q_z2V1s57U2AIISS&_nc_ohc=TuMs13Aglp4AX_R5EgM&_nc_ht=scontent.fopo1-1.fna&oh=c680afc4ba090a3bfa9bd762f33fe022&oe=5F3ECDC9

A Escritora, uma curta metragem de Hugo Pinto que promete falar sobre a condição humana, está prestes a ter a sua estreia mundial. O filme é exibido a 24 de julho, no Avanca Film Festival e marca a estreia de Aurea no cinema.

Sucesso no mundo da música, Aurea continua a apostar também na representação. Depois de  dar vida a Patrícia, na telenovela Nazaré, a atriz segue agora para o grande ecrã. Dalila Carmo e Catarina Lima dividem o papel principal num elenco que conta ainda com Afonso Pimentel e onde Aurea é Clara. Este é o quarto filme do realizador Hugo Pinto que este ano lançou, também, O Intruso, um enredo de cinco minutos liderado por Cláudia Semedo.

A narrativa assinada por Andreia Azevedo Moreira acompanha a vida da protagonista Alice em duas fases distintas da sua vida.

Dotada de um talento fora do comum para a escrita, Alice sente o apelo de colocar por palavras todas as dúvidas que a assolam a ela como a tantas outras mulheres questionando a relação com o marido e onde ficou a sua auto-estima e vontade de viver no meio do percurso dito normal de casar, ter filhos e preocupar-se com os outros.

Além destas questões, esta mulher luta ainda contra uma doença grave que poderá colocar fim à representação da mulher perfeita.

Vê o trailer do filme A Escritora: