Header Ads

"O Atentado": Francisco Moita Flores assina nova série da RTP


António de Oliveira Salazar, um retrato de Lisboa histórico e uma ameaça de bomba são os alicerces da nova trama de Francisco Moita Flores para a RTP1. O antigo inspetor da polícia judiciária regressa aos argumentos para televisão em O Atentado, uma das apostas da estação pública para o último trimestre de 2020.

O Atentado, promete mostrar a instabilidade politica vinda de circunstâncias pouco habituais no nosso país. Em 1937, uma ataque terrorista contra um dos mais conhecidos membros do estado da nossa história serve de mote para um intriga que promete representar o Portugal da época e as jogadas do governo para transparecer segurança para a população nacional.

A história conta com 10 episódios e conta com um elenco de luxo, no qual se encontram alguns regressos. José Pedro Vasconcelos, o comandante do talk show Depois Vai-se a Ver e Nada nas noites da RTP volta à representação no elenco desta trama. Ao lado do apresentador estarão, ainda, António Pedro Cerdeira, Laura Dutra, Tiago Teotónio Pereira, Tomás Alves, Gonçalo Botelho, Anabela Moreira, Dinarte de Freitas, Luís Filipe Eusébio, João Arrais, João Paulo Sousa, Sisley Dias, Nuno Pardal e Ricardo Sá, entre vários outros nomes.

A estreia ainda não está definida, mas a nova obra de Francisco Moita Flores deverá chegar ainda este ano ao horário nobre do canal estatal.  O autor é responsável por vários sucessos da ficção nacional, entre eles a série e filme O Bairro, a trama história Pedro e Inês, além de João Semana e A Ferreirinha