Header Ads

Do cinema à televisão. Conhece os novos projetos de Sérgio Graciano para 2020



É certamente um dos realizadores mais solicitados da atualidade nacional em televisão e cinema. 2020 ainda vai a meio, mas promete ser um ano em grande para Sérgio Graciano que depois de filmar Valor da Vida e Prisioneira se prepara para lançar quatro longa-metragens e uma nova série histórica para a SIC. Fica a conhecer um pouco mais destas novas estreias.

A Impossibilidade de Estar Só é o primeiro título a ser lançado. A película relata a história de amizade entre Alice, uma rapariga de 20 anos com uma doença grave que a impede de sair de casa, e Fred, a melhor amiga e também a pessoa que leva até ela a experiência do mundo fora de quatro paredes. A verdadeira aventura acontece quando Alice conhece um rapaz online que deseja conhecê-la. Num momento de risco, Alice convence a amiga a partir em viagem até Porto Covo, arriscando a vida para conhecer o homem por quem se encantou. 14 de maio é a data inicialmente prevista para a chegada deste novo projeto com guião de Joana Andrade, que poderá ser alterada devido à pandemia atual. Bruna Quintas e Laura Dutra, que partilham uma forte amizade fora dos ecrãs, dão vida às protagonistas deste projeto.

Viajamos à década de 70 pelos olhos de Sérgio Graciano com O Som Que Desce na Terra. A produção vai relatar a espera angustiante de Maria da Luz, uma mulher que aguarda notícias do marido que foi destacado para uma missão no Ultramar. No meio de todo este período de tumulto, a esposa percebe que não é a única que sofre com a distância e começa a gravar mensagens de apoio a todas as famílias que sofrem com a ausência de quem está longe. O elenco reúne nomes de peso no panorama nacional, entre eles Gabriela Barros, José Raposo, Margarida Marinho, Joaquim Horta e João Jesus. O argumento é da autoria de Joana Andrade e Filipa Poupe, com data prevista de estreia de 17 de setembro.

Salgueiro Maia é um dos rostos da revolução de abril, e apesar de já ter sido retratado como general em várias produções nacionais voltamos agora atrás no tempo com Salgueiro Maia – O Implicado. Tomás Alves assume o papel principal numa trama que vai contar quem é o homem para além do exército. As filmagens vão começar no próximo mês, conforme Sérgio Graciano confirmou ao nosso site, e vai manter o cronograma inicial chegando às salas de cinema a 1 de outubro deste ano. João Matos será o responsável pela adaptação do livro Salgueiro Maia - Um Homem de Liberdade, escrito por António Sousa Duarte. Filipa Areosa, Gabriela Barros e Tiago Teotónio Pereira são outros nomes do elenco que vão gravar em Lisboa, Castelo de Vide e Pombal.

O sonho de conquistar um lugar no grande plano dos holofotes é a premissa principal de O Protagonista, numa trama que promete combinar Comédia, Drama e Romance. Uma peça de teatro dedicada à adaptação da obra Don Quixote, de Miguel Cervantes, serve de pano de fundo para esta história que promete abordar temas como a ambição, o sonho e o medo da rejeição de um jovem ator que está mais próximo de ser um desastre do que um grande talento. Luís Lobão é o parceiro da vez de Sérgio, assinando o texto do projeto que traz Sara Matos, Custódia Gallego, Romeu Vala e Tiago Retré como cabeças de cartaz. O projeto ainda não tem data de estreia, mas conta com o apoio da RTP que à semelhança de A Herdade de Tiago Guedes deverá depois dar origem a uma série.

Do grande para o pequeno ecrã, A Generala marca o regresso da SIC às minisséries com uma história verídica. Maria Teresinha Gomes, uma mulher que assume a identidade de Tito Aníbal da Paixão Gomes, general português no ano de 1974 é a premissa desta produção que «vai avançar este ano» e que tem gerado conversa nas redes sociais sobre quem será a atriz que vai interpretar este papel. O realizador confirmou ao Fantastic que «ainda não se sabe» sobre quem vai recair a escolha. A Coral Europa, responsável por Golpe de Sorte, assume a produção que de acordo com o realizador ainda não tem data prevista, devido à paralisação causada pela COVID-19.