Header Ads

“Interface”: Diogo Morgado lança filme inspirado na quarentena


Um artista nunca consegue realmente parar de criar e a quarentena promete servir de inspiração ao entretenimento um pouco por todo o mundo. Diogo Morgado é o mais recente exemplo de como se pode abordar a pandemia no cinema. Interface será um dos novos projetos do ator, que volta a assumir o papel de argumentista.

É em exclusivo a Viriato Quintela, que o intérprete de Siegfried em A Espia adianta os primeiros pormenores deste novo projeto. «Criámos uma história que queríamos que tivesse alguma plasticidade, fala do que é o confinamento», revela o ator em direto no Instagram, garantindo que as gravações vão começar na próxima semana.

Diogo Morgado vai assinar a história de Interface, algo que já não é uma estreia. Depois do bem sucedido Malapata, o ator criou também, em parceria com Pedro Morgado, a história de Solum, uma película de ficção científica que vai entrar agora no mercado estrangeiro. «Fechamos um acordo com uma distribuidora internacional. O filme está a ter muito boa aceitação lá fora. Não está excluída a hipótese de sequência, está dependente agora do que virá de outros mercados», deixou em aberto o ator que participa nesta longa-metragem na pele de um alienígena.

«Solum é a primeira tentativa de internacionalizar um projeto da SLX Productions», confessa Diogo Morgado que em conjunto com o irmão fundou a produtora em 2016. A tendência de exportar as novas fitas da produtora para o estrangeiro parece confirmar-se, também, com o mais recente projeto, Irregular, que já tem «distribuidoras interessadas», depois dos primeiros visionamentos para grupos restritos.

Com Pedro Teixeira, Carla Chambel, Maria Botelho Moniz e Margarida Serrano no elenco, Irregular narra a história de Gabriel, um homem que pára numa bomba de gasolina no caminho para a escola da filha e de um momento para o outro vê a sua vida mudar por completo. A pandemia de COVID-19 atrasou a data de lançamento comercial desta nova longa-metragem cuja data inicial estava apontada para 7 de maio. Apesar de não apontar um novo dia para a chegada do projeto às salas de cinema nacionais, dado que o calendário está a ser reagendado, agosto é o mês que está agora em cima da mesa.

O projeto de lives no Instagram de Viriato Quintela, com o título de Beirão Rijo, tem sido um hábito recorrente nesta fase de quarentena e na próxima quinta-feira, 28 de maio, será Maria João Bastos a convidada do ator que vamos poder ver, em breve, no grande ecrã no biopic sobre as Doce, Bem Bom.