Header Ads

"Amar Depois de Amar": Conhece a história da nova aposta da TVI


Estreia a 17 de junho, segunda-feira, a nova aposta da TVI na ficção nacional. Amar Depois de Amar é o nome da nova série diária, que substituirá A Teia no horário nobre da estação. Pedro Lima, Maria João Pinho, Pedro Teixeira, Fernanda Serrano, Filipe Vargas e Dina Félix da Costa são alguns dos nomes que compõem o elenco.

Na história, Raquel e Gonçalo Macedo são felizes, estão casados há 20 anos e têm dois filhos gémeos: Frederico e Alice. Gonçalo é sócio maioritário de uma empresa de viveiros de ostras e de uma fábrica de distribuição de peixe e marisco. Herdeiro rico, disputa o controlo da empresa com o primo e sócio minoritário, André, que o chantageia e vigariza.

A mãe de Gonçalo, Matilde, sempre desconsiderou a nora pela sua leveza de espírito e despreocupação. Quando Gonçalo tem um acidente que o deixa em coma, Matilde tudo fará para “dar cabo” dela e para assumir o controlo da empresa familiar.

Marina e Augusto, também casados há 20 anos, têm dois filhos adolescentes: Catarina e Nicolau. Em abono da harmonia familiar, que ambos prezam, o casal tem tentado esquecer as respectivas frustrações profissionais: Augusto é empreiteiro mas gostaria de ser inspetor da PJ, como já tinha sido, e Marina queria ser profissional de danças de salão – onde tinha futuro, sobretudo, como dançarina de tango – atividade que abandonou por causa dos filhos. Virá ainda a ter um terceiro filho “fora do tempo”, o que a impedirá de recomeçar numa idade mais tardia.

Os dois casais conhecem-se e, inicialmente contra a vontade de Augusto, a quem a riqueza de Gonçalo incomoda, e de Gonçalo, a quem a intimidade entre Raquel e Marina incomoda, tornam-se amigos inseparáveis. Raquel encontra em Marina a amiga cúmplice que lhe faltava mas Gonçalo encontrará nela também uma paixão avassaladora e correspondida.

O amor entre os dois, que ambos acreditam ser um segredo absoluto, virá a lume quando sofrem um atentado e um acidente de viação. Marina morre e Gonçalo fica em coma.

Nasce aqui uma investigação policial que nos leva ao encontro de quase todas as personagens. Pelo que se vem a descobrir, todas poderiam ter razões para ter praticado aquele crime porque, afinal, todas sabiam mais sobre aquela paixão do que deixavam transparecer – Alice e Nicolau; Xavier, compadre de Augusto; Aurora, empregada da fábrica e, principalmente, André, o sinistro primo de Gonçalo.

O inspetor da Polícia Judiciária Miguel Meireles vai ter um papel preponderante nesta investigação em que investe tudo, também, para tentar animar a mulher, Laura que, acima de tudo, deseja ser mãe, sem o conseguir, e se dedica à escrita de uma nova ficção inspirada no crime que atinge Marina e Gonçalo. O envolvimento de Laura neste inquérito ultrapassará em muito o aconselhável e, assim, por-se-á em perigo de vida e porá o casamento em risco.

Sem comentários