Header Ads

"Bons Sons 2018" com maior número de visitantes de sempre

Foto: Fantastic
A edição de 2018 do festival Bons Sons registou o maior número de visitantes de sempre. Ao longo de quatro dias, a aldeia de Cem Soldos recebeu 38.500 pessoas no recinto.

"O nosso amor de verão foi memorável e terminou de coração cheio! Foram apresentados 52 espetáculos programados nos 8 palcos e no auditório, distribuídos por vários pontos da aldeia, num total de 202 artistas", revelou a organização, em comunicado à imprensa.

"A este balanço, soma-se 57 atividades paralelas, 8 concertos inesperados e 1 pedido de casamento, numa edição que registou o maior número de visitantes de sempre. Durante quatro dias memoráveis, passaram pelo 38.500 visitantes pelo Bons Sons, ultrapassando os 38.000 visitantes da edição de 2014", explicaram os responsáveis.

Este ano, o mapa do recinto teve algumas alterações e deu a conhecer recantos da aldeia que, para muitos, ainda permaneciam desconhecidos, como aconteceu com o novo palco Zeca Afonso que recebeu, nesta estreia, PAUS, Zeca Medeiros, Mirror People e Slow J, Linda Martini ,The Lemon Lovers e Peltzer.

Um dos principais objetivos do Bons Sons em cada edição é assegurar o crescimento sustentado do evento. Este ano, além da continuação das medidas implementadas anteriormente, o festival introduziu mudanças que contribuíram para a diminuição da sua pegada ambiental.

Além da forte aposta na reutilização de materiais, na diminuição dos resíduos produzidos e dos sistemas de recolha e tratamento mais eficazes, o festival contou com novidades amigas do ambiente: o reforço das WC secas e a introdução de urinóis-fardo de palha em toda a zona do campismo que pouparam água e valorizam o ciclo natural; a implementação de lâmpadas LED, mais amenas ao ambiente; a eliminação total dos copos descartáveis; e a chegada de uma alternativa aos tradicionais recipientes descartáveis, os pratos de base biológica feitos a partir de farelo de trigo.

 Outra medida implementada com sucesso nesta edição foi o conceito cashless: o pagamento das compras efetuadas no recinto passou a ser feito com recurso à pulseira do festival, carregada previamente, evitando contas de cabeça e dinheiro perdido nos bolsos.

Sem comentários