Header Ads

Sete Filmes por Semana | De 8 a 14 de janeiro



Todas as semanas, o Fantastic sugere-lhe uma lista de sete filmes para ver ao longo de sete dias. Será um filme por dia, com sugestões para todos os gostos. 

Das longas às curtas-metragens, passando pelo cinema americano ou europeu, com géneros tão vastos como a ação, o drama ou a comédia, muitas são as propostas que iremos trazer até si. Aceita o desafio?

Semana 2 - De 8 a 14 de janeiro

01. Drive - Risco Duplo

Realização: Nicoals Winding Refn
Género: Thriller
Ano: 2011
Duração: 100 minutos

No primeiro dia desta segunda semana, trazemos-lhe um filme de Nicoals Winding Refn. O realizador que foi responsável por filmes como Pusher, Só Deus Perdoa ou The Neon Demon traz-nos, em Drive, uma história protagonizada por Ryan Gosling, repleta de ação e mistério.

Driver (Ryan Gosling) é um exímio condutor de automóveis que tem dois trabalhos: durante o dia é duplo de cinema em Hollywood, à noite transforma-se em motorista de um gang. Apesar da sua conivência, tem por regra nunca tomar parte activa nos assaltos reduzindo as suas funções ao simples acto de conduzir.

Ver-se-á, porém, obrigado a ir contra o seu próprio código para ajudar Irene (Carey Mulligan), uma jovem mãe a viver sérias dificuldades, por quem se apaixonou. O marido desta acaba de sair da prisão e tem de participar de um roubo para pagar uma dívida. É então que o protagonista decide ajudá-lo, acabando com a cabeça a prémio.

02. Amigos Improváveis

Realização: Olivier Nakache, Eric Toledano
Género: Drama, Comédia
Ano: 2011
Duração: 112 minutos

Este filme francês realizado por Olivier Nakache e Eric Toledano é uma comédia dramática baseada no livro autobiográfico "Le Second Soufflé", escrito por Philippe Pozzo di Borgo. Foi o filme mais visto em França em 2011 e obteve sucesso em muitos outros países europeus.

Na sequência de um acidente de parapente que o deixou tetraplégico, Philippe (François Cluzet), um aristocrata francês de meia-idade, decide contratar alguém que o apoie nas suas rotinas diárias. É então que conhece Driss (Omar Sy), um jovem senegalês de um bairro problemático, recém-saído da prisão.

Driss é, segundo todas as aparências, alguém totalmente inadequado à função, porém Philippe, estabelecendo com ele um vínculo imediato, contrata-o. Assim, com o passar dos dias, aqueles dois homens com vidas tão díspares vão encontrar coisas em comum que ninguém julgaria possíveis, nascendo entre eles uma amizade que, apesar de improvável, se tornará mais profunda a cada dia. 

03. Cama de Gato

Realização: Filipa Reis e João Miller Guerra
Género: Documentário
Ano: 2012
Duração: 57 minutos

"As coisas acontecem, sucedem e a gente aproveita ou não. Há um jogo de meninos que, em Portugal, se chama cama de gato: os meninos atam um cordel em círculo, depois fazem assim com a mão, vem outro e faz uma complicação qualquer, mete o dedo faz outra complicação, vem outro ainda e quanto aos dedos faz assim e tira, e forma outra figura.

Este jogo chama-se cama de gato. Então, eu acho que na vida o que há, é um jogo perpétuo de crianças com a cama de gato, que a vida vem de vez em quando e apresenta-nos o problema, olhamos e vemos como é que havemos de tirar, depois metemos os dedos, fazemos assim e sai outra coisa. É que toda a nossa habilidade é tornar a ser crianças para ver como é que sai a cama de gato." Estas são as palavras de Agostinho da Silva que dão o mote a este filme.

Cama de Gato não é um documentário, mas também não é uma ficção. O filme é designado como uma "ficção do real", um género recorrente no trabalho de Filipa Reis e João Miller Guerra. Presente em mais de uma dezena de festivais nacionais e internacionais, a média-metragem acompanha a vida de Joana Santos, uma mãe adolescente que mora no Bairro da Bela Vista, em Setúbal. "A dualidade entre a força e a fragilidade, a liberdade e a prisão, a alegria e a tristeza" da jovem são os pilares deste filme português.

04. Despojos de Inverno

Realização: Debra Granik
Género: Drama
Ano: 2010

Esta é a adaptação do romance homónimo do escritor americano Daniel Woodrell. O filme tem a realização de Debra Granik. A viver nas montanhas Ozark, no estado norte-americano do Missouri, com um pai traficante de drogas e uma mãe incapacitada devido a uma depressão profunda, Ree Dolly (Jennifer Lawrence), de 17 anos, é a alma da família e o único apoio de Sonny (Isaiah Stone) e Ashlee (Ashlee Thompson), os seus irmãos mais novos.

O seu pai, depois de dar a casa como fiança num negócio obscuro, desapareceu sem deixar rasto e é procurado pela polícia. Agora, para não perder a casa onde vive, Ree terá de encontrar o pai, nem que para isso tenha de percorrer todos os recantos das montanhas. Nessa busca incessante pelos lugares prováveis e improváveis, todos a tentam dissuadir, mas a rapariga tem um único objectivo em mente: proteger a sua família, custe o que custar. 

05. Serenata à Chuva

Realização: Gene Kelly e Stanley Donen
Género: Musical
Ano: 1952

Serenata à Chuva é considerado por muitos o maior musical da história do cinema. Mas é também uma maravilhosa homenagem à Sétima Arte e à conturbada fase de transição do mudo para o sonoro no final da década de 20, que está na base de alguns dos melhores gags do filme.

E é ainda a antologia das grandes melodias daquele tempo, incluindo a que lhe dá o título e foi das primeiras a ser ouvida no cinema, numa obra de 1929. E é por uma sala de cinema (privada) que entra no filme o sonho e a arte de Cyd Charisse.

Do seu irresistível romantismo à sua evocação nostálgica, passando pelo seu delirante sentido de comédia e sátira, este é um dos mais completos, perfeitos e deslumbrantes musicais da História do Cinema

06. Whiplash 

Realização: Damien Chazelle
Género: Drama, Musical
Ano: 2014

O maior sonho de Andrew, baterista de 19 anos, é fazer carreira no mundo do jazz. Metódico e perfeccionista, desde muito pequeno que está determinado a entrar como aluno no Shaffer Conservatory of Music, uma das mais conceituadas escolas de música do país.

É lá que conhece Fletcher, um professor cuja fama de genialidade apenas se compara ao terror que incute aos alunos. Decidido a mostrar a todos as suas capacidades artísticas, Andrew dá tudo o que pode nas aulas, absorvendo todos os conhecimentos de Fletcher.

Porém, com o passar do tempo, o seu mentor transforma-se no seu mais implacável carrasco. Esta relação transforma-se assim numa ligação de abuso de poder que quase retira ao jovem o que lhe resta da sua humanidade.

07. Toy Story

Realização: 
John Lasseter
Género: Animação
Ano: 1995

No quarto de Andy, Woody (voz de Tom Hanks), o boneco "cowboy", é, desde sempre, o seu brinquedo favorito e o chefe de todos os brinquedos que aí vivem. Até que, no dia do seu aniversário, Andy recebe como presente Buzz Lightyear (voz de Tim Allen), um boneco-astronauta que está convencido estar em plena missão intergaláctica.

Buzz rapidamente se torna o predilecto, ameaçando o longo reinado de Woody. A partir daqui nasce uma rivalidade difícil de conter. Mas, com a ajuda do Dinossauro Rex (Wallace Shawn), do Cabeça de Batata (Don Rickles) e do exército dos Homens Verdes, os dois são empurrados para uma aventura que os obrigará a unir esforços.

Sem comentários