Header Ads

"Queer Lisboa" está de volta de 15 a 23 de setembro



A edição de 2017 do festival de cinema LGBT arrancou esta sexta-feira, em Lisboa. Até dia 23 de setembro, o Queer Lisboa exibe mais de 90 filmes de 32 países.

Em destaque estão a retrospetiva dedicada à artista multimédia Shu Lea Cheang, a ter lugar no Cinema São Jorge e no MNAC – Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, e a  estreia do filme God’s Own Country, de Francis Lee, que acontece na Noite de Abertura.

Dos 32 países presentes, os EUA são o mais representado, com 21 filmes. A Alemanha e a França estão representados, em ex-aequo, com 12 filmes cada, seguindo-se o Brasil, com 10 filmes.

As competições do Queer Lisboa 21 incluem as Competições de Longas-Metragens, Documentários, Curtas-Metragens, In My Shorts e Queer Art. A secção Panorama ganha este ano um novo fôlego com a exibição de oito filmes: quatro ficções e quatro documentários.

O Queer Lisboa 21 terminará com a exibição de Mãe Só Há Uma, de Anna Muylaert, premiado na Berlinale em 2016. Durante o festival vão ainda realizar-se várias festas. A Festa de Abertura terá lugar no clube Fontória e contará com a música do trio Asneira (António Almada Guerra, João Villas-Boas e Tiago Pinhal Costa). 

A programação completa do Queer Lisboa 20 pode ser consultada aqui e o calendário de sessões aqui.

Sem comentários