Header Ads

Fantastic Entrevista... Ivo Lucas

FANTASTIC ENTREVISTA 
TEMPORADA 4 / EDIÇÃO 1 / MARÇO DE 2013

Esta semana estamos à conversa com o ator Ivo Lucas, que se tornou conhecido do público em "Morangos com Açúcar - Série 6". A sua evolução como ator, os bastidores das produções televisivas, o seu talento para a música ou o estado da televisão nacional neste momento foram alguns dos temas em conversa.

ENTREVISTA

 http://smalltalkandateaspoon.files.wordpress.com/2012/04/398466_106408316155487_100003589570374_20080_138590784_n.jpg

1. Em 2008 deu vida ao Gonçalo de "Morangos com Açúcar 6". Apesar de nessa altura ter feito algumas participações como actor em outras produções, nomeadamente no telefilme 'Roleta Rusa' de "Casos da Vida" foi na série juvenil que se tornou conhecido do grande público. Como é que tudo começou? 
Bom, foi tudo fruto de um desafio pessoal. Talvez para satisfação de curiosidade de ''como seria um casting''. Claro que sempre tive o gosto da representação, tendo feito várias peças de teatro (no âmbito escolar), mas nunca tinha apostado nessa carreira. Foi então que ainda no workshop de formação (que daria mais tarde acesso aos 'Morangos Com Açúcar') recebi o convite para o telefilme 'Roleta Russa', e depois 'Morangos Com Açúcar'.

2. Depois dos 'Morangos' esteve algum tempo parado (pelo menos em televisão) e seguiram participações nas tramas "Espírito Indomável" e "Remédio Santo". Sente que existe uma grande diferença entre representar nos "Morangos" e nas novelas de horário nobre? 
Sim, existe uma tremenda diferença. Eu sou apologista da ideia em que um actor está em 'processo de aprendizagem' até ao fim da sua carreira, e nos 'Morangos Com Açúcar' foi o primeiro grande teste, em coloquei em prática tudo o que aprendi até essa data, e durante esse ano fui aprendendo muito mais com a ajuda de toda a equipa técnica. Os que estão atrás das câmaras (desde o departamento de áudio, realização, câmaras, iluminação) são os grandes professores, que me ajudaram a crescer e a aprender mais todos os dias. No momento em que gravamos algo de horário nobre (desde os telefilmes às novelas), continuamos a ter o apoio de qualquer membro da equipa, mas o grau de exigência sobe. Eu costumo dizer que os 'Morangos' foram a melhor escola que alguém pode ter, e a partir daí é para mostrar o que valemos num nível totalmente diferente.

http://25.media.tumblr.com/tumblr_m8ais2HeM31rxo0elo1_500.png
3. E como viu o fim da série em setembro de 2012? 
Sobre o fim da série, tive pena pois foi algo que os jovens sempre se identificaram, e os 'Morangos' tiveram um papel muito importante na vida de qualquer adolescente. Mas são quase 10 anos, e mais produções podem aparecer no mesmo formato. E creio que se fez justiça com o filme claro!

4. Participou ainda em outros dois telefilmes, um para a TVI e outra para a SIC. No primeiro, interpretou o papel de Chico em "O Dia em que a Minha Vida se Tornou um Reality Show". Contudo, o projeto nunca foi para o ar. Porque acha que a TVI optou por não emitir mais telefilmes desta série?
Pouco sei sobre esse assunto. Talvez entrem para a programação de 2013. Não tenho qualquer informação sobre isso!

http://farm8.staticflickr.com/7240/7000152911_6f107f478f_b.jpg

5. Já a produção da RTP1, "Jogos Cruéis", fez parte de uma série de filmes da rubrica "Grandes Histórias". Como David foi o irmão mais velho de um rapaz que sofria de cyberbulling, um tema cada vez mais presente na realidade dos jovens em Portugal. Qual a importância que estas produções têm na consciencialização dos espetadores, sobretudo os mais novos? 
Lá está, creio que a televisão é uma grande fonte de informação/educação, em inúmeros formatos. Neste caso, tal como os 'Morangos', este tipo de produções 'ajuda' na solução ou pelo menos fazem com que ajudem os jovens a lidar com o problema.

6. Depois de uma curta participação em "Doce Tentação" e de reviver Gonçalo em "Morangos com Açúcar - O Filme", nunca mais o vimos em televisão. Falta de convites ou opção? O que tem feito durante este tempo?
Falta de convites, nunca seria opção! Durante esse tempo dediquei-me um pouco mais à minha música (um sonho que já vem de alguns anos), e fiz uma curta metragem com Luís Alberto e Luís Lucas, para a UBI, que foi apresentada nas melhores curtas-metragens do 'Lisbon & Estoril Film Festival'.

7. Para além de actor é ainda cantor e músico. Trata-se de uma paixão ou de uma realidade na sua vida? Porquê?
Uma paixão, uma enorme paixão. Já vem de família (o meu avô é Victor Gomes, o rei do Rock nos anos 60 com "Victor Gomes e os Gatos Negros"). Estive no conservatório de piano com 8 anos e nasci com ouvido absoluto passivo, portanto sempre tive essa veia musical bastante presente. Hoje em dia toco 7 instrumentos de forma auto-ditacta e passo grande parte do tempo a compôr!

8. Que tipo de projectos gostaria de fazer num futuro próximo? E quais aqueles que já estão confirmados?
O que gostava de fazer? Regressar à televisão, e se tudo correr como previsto este ano será um grande ano para mim.  Também pretendo lançar o meu álbum no primeiro semestre do ano. Estou a gravá-lo com a 'ajuda' e parceria de António Corte-Real, Nando Rodrigues, e Ivan Cristiano (UHF), tudo com influências Blues, e tenho uma das músicas na banda sonora de uma novela da TVI (Destinos Cruzados), o que é um grande começo!

 http://i2.ytimg.com/vi/INwVLF4ah0k/mqdefault.jpg

9. Como vê a televisão nacional, neste momento? O que mudaria?
O que mudaria? Mais produções, existe muito jovem no meu ramo completamente parados!

10. Uma das consequências de ser uma figura pública é o facto de algumas revistas interferirem directamente na sua vida privada. Como é que lida com estas situações? E com a fama, no geral?
Nunca tive grandes problemas com isso (felizmente). O que a imprensa falou de mim sempre falou bem e elogiou o meu trabalho. O único assunto pessoal que tocaram à uns anos foi mesmo duma "suposta" relação com Anita Costa, mas nunca me pronunciei sobre esses assuntos nem outros quaisquer por serem de teor pessoal. Com a fama lido bem. As pessoas reconhecem-me diariamente na rua, e elogiam o meu trabalho em várias produções, por isso sinto que tenho feito um bom trabalho e que as marquei.



11. Como é um dia com o Ivo Lucas?
Um dia com Ivo... Um dia óptimo, sou bastante bem humorado, com um sentido de humor fora do comum, podem comprovar com colegas meus (risos). Gosto muito de levar uma vida tranquila e sentir-me realizado ao final do dia. Gosto da sensação de satisfação de um dia produtivo.


http://0.static.wix.com/media/9bf9c4_15e2b23962dbb483fd109bcfd98f84ea.jpg_1024EM POUCAS PALAVRAS...
Um programa de televisão? Top Chef (cozinhar é uma das minhas paixões)
Um filme? ''Condenados de Shawshank''
Um livro? ''O cão dos Baskerville''
Um defeito? Perfeccionista
Uma música? John Mayer - Born and Repries (reprise) / Who Says
Uma ambição? Ser mais reconhecido pelo meu talento e trabalho
A melhor coisa da vida? A própria vida 
O Ivo Lucas é... Lutador

FANTASTIC ENTREVISTA - Edição 31
Convidado: Ivo Lucas
Produção: André
Fantastic 2013

Sem comentários